Localizado na vertente norte do morro do castelo, a 500m das portas da Vila, o Convento de Santo António foi edificado em 1602, fundado pelos Irmãos da Confraria de S. António e de Teodósio II, VIII Duque de Bragança e donatário de Ourém. Em 1749, D. João ordenou a reconstrução do coro e do frontispício. Contudo, o terramoto de 1755 danificou profundamente o edifício, que se agravou com as invasões francesas. Durante as guerrilhas Miguelistas, o Convento foi completamente arrasado.

Atualmente apenas é possível observar as suas ruínas.