A construção do edifício data do século XIX, pelo que na ata da sessão de 27 de janeiro de 1858 foi apresentada uma “proposta no sentido de a Câmara informar quanto se pode contar em carros, réis e braços no ano de 1858, tendo em vista avançar com um edifício para a Câmara, Administração do concelho, Casa de Audiências, Cadeia, etc.” Na ata da sessão de 10 de maio de 1876: “O presidente felicitou-se, juntamente com os vereadores, por se acharem reunidos pela primeira vez na nova Casa das Sessões Camarárias, esperando-se que tal facto inaugurasse uma época de prosperidade.”
O edifício funcionou como Paços do Concelho até 2009. A sua arquitetura sóbria, com fachada rematada por balaustrada e com um frontão coroado com um campanário, torna-o imóvel patrimonial emblemática do núcleo urbano da antiga Vila Nova de Ourém.
Foi neste edifício que decorreu, em 1917, o interrogatório aos três pastorinhos de Fátima, levado a cabo pelo administrador do concelho.